raça samoieda

A Raça Samoieda

A história da raça Samoieda é bastante controversa e complexa, todavia existe uma interpretação que é bastante adotada no meio dos tratadores – esses cachorros foram utilizados pelos povos nômades da região siberiana há cerca de 5.000 anos. Consoante os documentos, essa espécie só era capaz de ser encontrada em meio a estas tribos, acarretando, desta maneira, o seu nome. Esses cachorros eram empregados em práticas no pastoreio, para a caça e também para empregá-los em trenós.
Os primeiros espécimes da espécie Samoiedo apareceram em terras inglesas entre o período de 1870 a 1909, porém nem todos eram de raça pura. É dito que a Soberana Alexandra amou tanto da raça que fez bastante para conseguir promover a espécie na sua pátria. Fato é que ainda há a possibilidade de ser encontrados ancestrais dos cachorros da monarca nos pedigrees recentes.
O Grão-Duque da Rússia, Nicolau, recebeu de mimo um Samoiedo, e essa raça foi para a América no período de 1906. Em função de sua lindíssima fisionomia, sua personalidade afetuosa e sua força como um cão puxador de trenós, o Samoiedo vem aumentando a sua fama.

Características Físicas do Samoiedo

Esta é uma espécie que se assemelha muito a um bicho de pelúcia, seu porte é bem vigoroso com uma estrutura muscular bem formada, seus membros são redondos e amassados com um forramento peludo bem denso, a cabeça tem aspecto de cunha com os olhos fundos, orelhas de tamanho mediano bem distanciadas umas das outras em um posicionamento vertical e o focinho tem um tamanho médio com uma tonalidade escurecida.
Seu rabo pende para os lados, o pelo deste cão é bem espesso e muito belo. A expressão da face é um dos quesitos fortes deste cachorro – ele aparenta estar constantemente rindo!
A pelagem é bem espessa e grande, sendo extensa, aveludada e alisada. Sua coloração habitual é o branco puro, contudo somos capazes de percerbê-lo em outros matizes: branco palha, amarelada, amarelado e branco, preto e branco e branco e castanho.

raça samoieda

Temperamento do Samoieda

O Samoiedo é um cão muito carismático que não irá pensar duas vezes em agradar o dono, toda a família e inclusive os convidados! Se adaptado, ele irá querer constantemente, inclusive, deitar todas as noites com o seu dono. Ele é um ótimo cachorro para companhia, principalmente para idosos e crianças uma vez que é muito brincalhão e meigo.
Devido a ser um cão originado em especial para o labor, ele necessita de várias atividades físicas para que consiga gastar essa energia, se isso não ocorrer, ele pode se tornar um cão bastante nervoso. Para você que deseja comprá-lo, saiba que esta espécie tem necessidade de um amplo lugar, visto que eles nunca estão bem estando limitados, seja em casas ou apartamentos. Quando se encontram desacompanhados ou contrariados, eles inclinam-se a criar um temperamento mais destruidor, fazendo muito barulho, engolindo os objetos a sua frente e cavando por toda parte.
Estes cães não são facilmente adestrados, são desobedientes e mais propensos a tracionar trenós do que ser mantido em correntes, mas por adorarem agradar o proprietário, vão compreender com o passar do tempo.
Essa raça tende a ser dominadora e podem não se dar bem com outros cachorros de estimação!

Vantagens em se ter um Samoiedo

Samoiedos são muito dóceis, frágeis, afetuosos, inteligentes e estão constantemente com “sorriso” no rosto! O Samoiedo possui um fascínio fenomenal, cativando todas as pessoas ao seu redor.
Esse cachorro possui a tendência de ser muito calmo dentro da moradia e vai desejar estar perto do dono todo o tempo, um forte sinal de seu grande afeto e amor.
Caso você receba muitas visitas em sua residência, não irá precisar esquentar a cabeça em deixar preso o cão! Samoiedos são bastante meigos até com pessoas estranhas, eles vão ser bem-educados com os visitantes dos proprietários.
Os Samoiedos são cães muito limpos e não irão dar bastante trabalho quanto a Pet Shops, ainda que sejam bem peludos e de coloração clara. Além disso, não geram odores típicos de cães devido à ausência de glândulas subcutâneas. Você vai ter um desembolso muito menor com essa raça, especialmente se referindo à higienização!

Pontos fracos do Samoiedo

As práticas físicas precisam ser diárias, por sua formação, o Samoiedo não resiste permanecer muito tempo quieto, caso isto aconteça, a apreensão e o nervosismo podem pegá-lo.
Se você quiser um cachorro para ser um cão protetor, nem pense em possuir um Samoiedo.
Os Samoiedos são divertidos, mas, em muitas ocasiões, vão além do devido, deixando o seu dono muito irritado, uma vez que eles são bastante destrutivos em muitas situações.
O Samoiedo é um cachorro bastante dominador, não é recomendado possuir outros animais domésticos junto dele, principalmente felinos! Contudo, se domesticado desde novo, vai ser capaz de ter um Samoiedo mais flexível com outros animais.
Esse cão provém de terras nórdicas de clima gelado e, mesmo se ajustando ao clima tropical, não é indicado submetê-los a condições muito altas.
Essa espécie troca sua pelagem com frequência, logo é bastante habitual encontrar seus pelos pela casa.
Alguns problemas de saúde são usuais a raça – olhos com cor esquisita, orelhas declinadas, ossatura irregular, joelhos de vaca salientes, sinuosidade nos pelos, qualidades sexuais não definidas, displasia coxofemoral, ensurdecimento, nanismo e atrofia progressiva de retina.

raça samoieda

Como cuidar de um Samoiedo

Somente adquira um Samoiedo se você possuir bastante energia e ânimo para isso, vá se divertir com ele ou fazê-lo se movimentar por um tempo, visto que esse cachorro necessita de gastar suas energias a cada dia, ou seja, caso você seja desanimado não possua um Samoiedo! Caso você deseja um cachorro mais disciplinado, domestique-o desde filhote.
Caso você possua outros espécimes em casa é sugerido que o dono eduque o Samoiedo desde novo a fim de que ele torne-se educado com os outros animais da casa.
O Samoiedo é um cachorro muito teimoso e desobediente, o que o torna bastante difícil de impor limites: ele vai querer ficar dentro de casa e você vai se esforçar para conseguir instruí-lo, logo o adestramento tem que ser feito o mais cedo possível! Outra coisa fundamental é pentear a pelagem do cachorro de duas a três vezes por semana no sentido de evitar que pelos fiquem dispersos por toda casa.
Contudo, eles são muito apegados com o seu proprietário, necessitando de bastante afeto, cafuné e atenção.

Filhotes de Samoiedo

As crias dessa raça são perfeitamente “bolinhas peludas” que amam amamentar e dormir bastante! Contudo não pense que este período é longo: em no máximo 10 semanas eles podem estar brincando e sendo verdadeiros “exploradores” em todos os cantos. É nesse momento que o criador necessita de começar a educá-lo para que as ordens se tornem mais usuais para o cachorro. Nessa etapa ele se encontra mais animado, já que é o período no qual ele se afiniza com a espécie que pertence e entra em uma etapa de sociabilização com o ser humano. Logo após os 3 meses o Samoiedo começa a estender a sua liderança e o criador deve desenvolver o condicionamento de disciplina do cachorro com mais frequência. Decorridos 1 ano, o cachorro já toma uma postura mais madura e amplia a eficiência de aprendizagem, o criador deve acentuar o condicionamento nesta etapa já que eles se tornam mais violentos.
Um filhotinho ideal precisa ser travesso e muito bem-disposto. Referente às seu porte físico, é imprescindível terem olhos castanhos e lábios escurecidos e com um “sorriso” típico da raça. Se por acaso a orelha de seu filhote não se eleva, fique relaxado: ela só se eleva após os três meses de idade. A cauda assenta por cima de seu dorso depois dos dois meses.

Curiosidades acerca do Samoiedo

O Samoiedo é classificado como o cachorro nórdico mais disciplinado já registrado, mas ele conta com um esquisito costume de ficar sempre procurando algo, principalmente nos buracos que ele cava quando está entediado.
Nos primordios da criação dos Samoiedos, os primeiros cachorros que foram importados para o território inglês não eram completamente brancos. A maioria era de uma cor canela e relativamente menor que a raça pura. A procedência de alguns cães vieram das tribos nômades.
O início das importações oficiais de Samoiedos aconteceram em 1893 e o primeiro clube legítimo de tratadores da espécie se formalizou na década de XX e funciona ainda nos dias recentes.
Ao longo das tempestades de neve, é normal avistarmos Samoiedos empregando o rabo peludo para resguardar o focinho.
A curvatura dos seus lábios dá a impressão de estarem sempre “sorrindo”..

Deixe uma resposta